Claudia Alionis e Eduardo Bessa  Casa Cor - Caio Amaral _0076

A varanda criada pela cactus arquitetura para a Casa Cor 2015 traz uma brasilidade de férias e relax. Resgatando técnicas tradicionais de construção brasileira como a taipa de pilão,  trazem à memória valores afetivos de nossa história e é também um apelo à sustentabilidade.

bx_MG_1455

O maravilhoso flamboyant do Jockey foi aproveitado como mais um espaço de descanso e leitura, muito tentador com a deliciosa cama fofinha feita pelos futons. “É um convite para contemplar a vista que a varanda pode proporcionar”, conta Claudia.

bx_MG_1424

“O mobiliário é do século 20 e, com uma mistura equilibrada de estilos moderno e vintage, a varanda revela um clima de casa de avó, marcado pela tranquilidade”, diz Eduardo. “Em contraponto, apostamos num elemento bem moderno: o ladrilho hidráulico espanhol”, completa.

 

A lareira a álcool da Construflama é perfeita para o clima de contemplação e energização, tornando a varanda gostosa e convidativa mesmo em dias frios.Claudia Alionis e Eduardo Bessa  Casa Cor - Caio Amaral _0054_1 baixa

Alguns móveis são assinados por renomados designers brasileiros, como a mesa de centro de Pedro Petry, criada em 1955, mas que continua atual. Já as poltronas de jatobá, desenhadas na década de 70, convidam ao relaxamento e à contemplação. “Pensamos na varanda como lugar de reenergização. É nela que podemos melhorar nosso equilíbrio interior com leitura ou meditação”, fala Claudia.bx_MG_1475 baixa

bx_MG_1475 baixa

Veja os últimos preparativos para o evento:

Fotos: Caio Amaral e Salvador Cordaro.

Clique na imagem abaixo e veja a agenda do evento:

casa cor capa face

Anúncios